Archive for the ‘gtd’ category

Começando o ano em dia!

janeiro 1, 2008

Não é por acaso que fiz este blog no último dia do ano, é um período de muita reflexão para muitas pessoas, foi pra mim também. Primeiramente, um feliz 2008 e espero que seja um ano de muita prosperidade e de real mudança pra você, é claro que a mudança de um dígito na última das 4 casas não fará milagre algum, o protagonista desta mudança é você, e é agindo proativamente que isso acontece.

O que é Proatividade?

É a diferença entre quem tem a vida sob controle e vive correndo tentando resolver os problemas que aparecem, é a diferença entre tomar uma atitude agora e evitar o problema ou esperar o problema explodir para aí então começar a pensar. Pessoas proativas não se fazem de vítimas e nem culpam o chefe, os colegas ou o governo. Assumem para si a responsabilidade e fazem como Ford disse certa: “não ache um culpado, ache a solução”. É isso que os proativos estão atrás, a solução. E geralmente dos problemas que ainda não aconteceram.

Promessas de ano novo

Feliz 2008!

A maioria das pessoas faz promessa de ano novo, e geralmente não cumpre. Elas simplesmente pensam em alguma coisa e acham que vão se comprometer com isso pelo resto do ano. Garanto que antes do carnaval, 90% já esqueceu das metas e só voltará a pensar nisso em dezembro, quando um novo ano começa e ela precisa estabelecer outros objetivos.

Bom, é melhor pensar assim do que não pensar, mas se quiser ser realmente eficaz na sua vida, e alcançar os objetivos traçados você precisa fazer isso de forma organizada. Primeiro de tudo:

Escolha objetivos importantes – Algumas pessoas vivem em constante estado de frustração por não cumprir promessas que faz consigo mesmo. Imagine ter um amigo que constantemente faz promessas com você e não cumpre, você ficaria extremamente frustrado com ele, não? Bom, para muitas pessoas este amigo é ela mesma. Você precisa de uma razão forte para comprometer-se consigo mesmo a realizar determinado projeto. Se o seu por quê não for suficientemente forte, as chances de você desistir no meio do caminho são grandes, e fica aquele sentimento de dever não-cumprido. Portanto, escolhe objetivos que realmente trarão um grande impacto na sua vida, e deixe claro na sua mente as razões de tê-lo, de preferência use uma lista para isso, e guarde em algum lugar que você pode encontrar facilmente em caso de considerar abandonar o barco.

Objetivos mensuráveis – Emagrecer ou ganhar mais ou ter uma vida mais saudável não devem fazer parte de seus objetivos. O segredo aqui é estabelecer coisas objetivos que possam ser mensuradas, como Emagrecer 10 quilos ou aumentar minha renda passiva em R$1.000 ou praticar caminhada 4x por semana. Objetivos assim te facilitam na hora de verificar o sucesso do projeto, sendo mais fáceis de reconhecer um ponto de chegada, e os pequenos progressos também te ajudam a não desistir. O ideal é fazer um controle de quanto do projeto foi cumprido mensurando com relação ao tempo que ainda resta. Por exemplo, se você só perdeu 3kg em 6 meses, sabe que no segundo semestre precisará se esforçar um pouco mais para perder os outros 7kg restantes para completar seu projeto. É assim que administradores profissionais fazem, e é assim que você deveria administrar a sua vida.

Colocar tudo no papel – Bom, não precisa ser literalmente no papel, pode ser em meios eletrônicos se você for um pouquinho mais geek, mas é importantíssimo que você escreva os seus objetivos. Isso funciona comprovadamente por vários motivos. O primeiro deles é que fica mais fácil esquecer que você se comprometeu a fazer aquilo. Além disso, tendo esta lista escrita você libera seu cérebro e sua parte inconsciente pára de se preocupar com esta tarefa. Se você deixa ela apenas na memória, é como se o seu cérebro tivesse que repassar constantemente a informação de que você precisa fazer aquela tarefa, uma fonte incrível de stress e um vampiro de energia cerebral. O ideal é organizar listas de projetos com fácil acesso para que você possa acompanhar dia-a-dia e fazer anotações conforme precisar, nada pior do que ter uma idéia no meio do trânsito e não poder anotá-la, na minha opinião nenhuma idéia deve ser perdida, anote tudo junto de forma que irá revisar posteriormente.

Qual a próxima ação? – Esta é a pergunta mágica indicada por David Allen, criador de um dos métodos mais badalados de organização dos últimos tempos, o GTD. Segundo ele, todos devem se perguntar qual é a próxima ação física e palpável que deve ser feita. Suponhamos que você precisa declarar seu imposto de renda. Não anote apenas “declarar imposto de renda” em sua lista. Em vez disso, pare um momento para refletir qual a próxima ação física necessária para desenrolar este projeto, como por exemplo, “telefonar para seu contador”, ou “procurar por seus recibos e notas fiscais do ano todo nas pastas XYZ”. 5 minutos de reflexão neste nível podem trazer uma evolução incrível no seu projeto. Esta regra do “Qual a próxima ação?” também pode ser usado em reuniões e no seu dia-a-dia no trabalho. É uma ferramenta muito poderosa e que apesar de simples, já mudou a vida de muitos executivos de alto escalão por aí. Aplique esta técnica ninja no seu dia-a-dia e torne-se um mestre da produtividade.

Revisão periódica – Esta é uma das partes mais importantes do processo de organização. Não apenas de resoluções do ano novo, mas também de qualquer projeto em si. Você deve, freqüentemente, revisar suas listas. Para projetos de ano novo, uma revisão mensal vem a calhar, pois marque um compromisso consigo mesmo em sua agenda, de todo dia X do mês fazer uma revisão de como anda o processo e ajustes que precisão ser feitos no caminho. Raramente projetos são finalizados da forma como foram concebidos, muitos ajustes e redirecionamentos são necessários, e fazer isso na maior velocidade possível é melhor para você. Sem a revisão periódica, nenhum projeto sai do papel.

Crie listas de próximas ações até mesmo para projetos de longo prazo – David diz que não é pelo fato de o projeto ser de longo prazo, que ele deve ser deixado para depois. Um projeto de longo-prazo significa que ações precisam ser tomadas imediatamente, e o mais rápido possível. A diferença é que estes projetos possuem mais ações a fazer, ou cada uma delas demora signifcativamente mais. Portanto não despreze ou seja relaxado com projetos de longo prazo.

O balanço final – Em dezembro do ano que vem, você terá um bom material em mãos para medir o quanto de sucesso obteve. Pode ser que você não tenha conseguido tudo o que planejou, mas os resultados serão MUITO melhores do que apenas pensar em alguns desejos e esperar que se realizem magicamente. Além de estar mais feliz consigo mesmo, você estará a todo momento fazendo rearranjos no instrumento, e o instrumento é você mesmo, portanto espere muito mais auto-conhecimento e segurança, porque você está seguro de que dá conta da situação.

Espero ter sido útil a vocês, repassando algumas lições que aprendi e que aplicando na minha vida me fizeram tornar-me uma pessoa mais produtiva e mais feliz. Se você leu até aqui, agradeço a atenção! E já pensou em se inscrever no nosso Feed RSS (se ainda não tem um, recomendo o Google Reader) e receber os novos posts em primeira mão?

Um feliz e bem-sucedido 2008 para você, caro leitor! A gente se vê!

ps: bonitinha a imagem de ano novo, né? eu que bolei! =)

Anúncios